Archive for the Datas Comemorativas Category

1 ano de namoro…

Posted in Aniversariante do Mês, Datas Comemorativas on 18 de maio de 2009 by elizeudalbonigarcia

Hoje é um dia muito especial na minha vida…. hoje se completa 1 ano de namoro com minha linda e queria namorada e logico futura esposa… bom amor mais uma vez quero dizer que te amo muito e que sou muito feliz ao teu lado., e que este 1 ano seja apenas o começo de uma vida sempre juntos ate que o Senhor nos separe. Te amo muito e saiba que sou muito realizado ao teu lado . Do seu futuro esposo Elizeu Dalboni Garcia.

Dia Mundial do Trabalho

Posted in Datas Comemorativas on 1 de maio de 2009 by elizeudalbonigarcia

Naquele dia, manifestações, passeatas, piquetes e discursos movimentaram a cidade. Mas a repressão ao movimento foi dura: houve prisões, feridos e até mesmo mortos nos confrontos entre os operários e a polícia. Em memória dos mártires de Chicago, das reivindicações operárias que nesta cidade se desenvolveram em 1886 e por tudo o que esse dia significou na luta dos trabalhadores pelos seus direitos, servindo de exemplo para o mundo todo, o dia 1º de maio foi instituído como o Dia Mundial do Trabalho. Existem basicamente dois tipos de trabalho: o remunerado e o voluntário.

No primeiro, a pessoa recebe dinheiro para desempenhar uma determinada função. Já no trabalho voluntário o indivíduo não recebe pela atividade que pratica, pois se oferece para fazer aquilo por sua própria vontade, com o objetivo de ajudar alguém.

Ocupação e emprego – Existe uma diferença entre ocupação e emprego. Ocupação abrange as pessoas que trabalham com ou sem vínculo empregatício, as que trabalham por conta própria, as que são proprietárias de estabelecimentos e aquelas que trabalham sem remuneração como, por exemplo, as pessoas que prestam serviços em instituições filantrópicas. Em outras palavras, é aquilo o que as pessoas fazem: a profissão, o ofício ou o cargo que exercem em seu trabalho (lavador de carros, faxineiro, engenheiro civil, técnico de contabilidade, pedreiro, alfaiate, chefe de equipe, diretor de colégio etc.). Já, emprego, se refere a todas as pessoas empregadas que, tendo uma ocupação, trabalham para um patrão (pessoa física ou jurídica), com ou sem vínculo empregatício.

Conheça algumas expressões: Trabalho beneditino: o que exige muita paciência. Trabalho braçal: serviço feito com o auxílio dos braços (carregar, descarregar etc.). Trabalho-de-noivo: serviço temporário observado em alguns povos primitivos, que um homem presta ao futuro sogro, a fim de adquirir o direito à noiva. Trabalho de sapa: a) trabalho oculto, ardil, trama; b) ação oculta ou conspiração contra alguém. Trabalho de Sísifo: trabalho estafante e inútil, porque, uma vez acabado, é preciso recomeçar. Trabalho ingrato: trabalho muito difícil e rude, e que não dá o proveito esperado. Trabalho insalubre: o que por sua natureza ou pelo método empregado pode ocasionar moléstias mais ou menos graves. Trabalho livre: trabalho feito por homens de condição livre, e não por escravos. Trabalho servil: o que é executado por escravos. Trabalhos de Hércules: as doze empresas que lhe são atribuídas pela fábula.

Veja quantos significados tem a palavra trabalho:

1. Ato ou efeito de trabalhar.

2 Exercício material ou intelectual para fazer ou conseguir alguma coisa; ocupação em alguma obra ou ministério.

3. Esforço, labutação, lida, luta.

4. Aplicação da atividade humana a qualquer exercício de caráter físico ou intelectual.

5. Tipo de ação pelo qual o homem atua, de acordo com certas normas sociais, sobre uma matéria, a fim de transformá-la.

6. Esmero ou cuidado que se emprega na feitura de uma obra.

7. A composição ou feitura de uma obra.

8. A própria obra que se compõe ou faz.

9.Obra literária ou artística.

10.Maneira como alguém trabalha.

11. Maneira como funciona um aparelho.

12. Movimento que se produz nos materiais industriais.

13. Ação dos agentes naturais.

14. Discussão ou deliberação para preparar resoluções.

15. Fís Produto da multiplicação de uma força pela distância percorrida pelo ponto de aplicação, na direção da força.

16. Mec Ação de uma força que põe em movimento um corpo que lhe opõe resistência.

17. Fís Esforço empregado em vencer uma resistência.

18. Med Conjunto dos fenômenos que constituem o parto.

19. Fisiol Fenômeno orgânico que se opera no âmago dos tecidos.

20. Incômodo, infortúnio, tormento ou sucesso infeliz.

21. Gíria: roubo, assalto, execução de um delito.

O presidente Getúlio Vargas anunciou o Decreto-Lei que instituiu o salário mínimo no País, com o valor de 240 mil réis, no dia 1º de maio de 1940. Segundo o documento, o salário mínimo deveria ser capaz de satisfazer às necessidades normais de alimentação, habitação, vestuário, higiene e transporte do trabalhador. A notícia foi recebida com euforia e, de imediato, mais de um milhão de trabalhadores foram beneficiados com a nova medida, já que na época ganhavam abaixo desse valor. O salário mínimo era uma antiga reivindicação desde a greve geral de 1917.

Em 1º de maio de 1941, mais uma conquista para o trabalhador. Foi criada a Justiça do Trabalho. Por ser o direito do trabalho tão específico, ele foi separado das demais categorias. Atualmente, a Justiça do Trabalho é composta pelo Tribunal Superior do Trabalho, com sede em Brasília, por tribunais regionais e por juntas de conciliação e julgamento. Suas principais atribuições são conciliar e julgar os dissídios individuais e coletivos e as demais controvérsias oriundas de relações de trabalho e regidas pelas normas de direito trabalhista. A Constituição Federal e o Estatuto da Criança e do Adolescente proíbem o trabalho infantil no Brasil. Mas, mesmo assim, no País existem 2,9 milhões de crianças trabalhando.

Existem no mundo em torno de 250 milhões de crianças entre 5 e 14 anos que trabalham, segundo dados da Organização Internacional do Trabalho (OIT). No Brasil, a Constituição Federal e o Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA) proíbem o trabalho infantil. Mas, infelizmente, existem 2,9 milhões de crianças de 5 a 14 anos de idade empregados em lavouras, carvoarias, olarias, pedreiras, mercado informal e atividades domésticas. As meninas representam um terço deste número. E mais de 50% desses menores não recebem nenhum tipo de remuneração.

Informações produzidas pela Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios 1999 (PNAD) revelam que a mão-de-obra infantil está mais concentrada em pequenos empreendimentos familiares, especialmente no setor agrícola. Em 1999, a atividade agrícola detinha 80,4% das crianças ocupadas de 5 a 9 anos de idade e 63,2% das ocupadas de 10 a 14 anos de idade. De 1995 para 1999, de acordo com a pesquisa, a proporção de crianças ocupadas no contingente de 5 a 14 anos de idade passou de 14,5% para 11,8% entre os meninos e de 7,8% para 6,0% entre as meninas.

http://www.terra.com.br/almanaque/diadotrabalho

Dia do Trabalhador

Dia do Trabalho

23 de Abril: Dia do Escoteiro

Posted in Datas Comemorativas on 23 de abril de 2009 by elizeudalbonigarcia
23 de Abril dia do Escoteiro

23 de Abril dia do Escoteiro

“Se quisermos que nossos jovens sejam felizes na vida, devemos fazer com que assimilem o costume de praticar o Bem ao próximo, além de ensinar-lhes a apreciar as coisas da natureza”, Baden Powell, fundador do Escotismo.

Dia 23 de Abril é o Dia do escoteiro. Sabe o que o Escotismo tem de especial? O escotismo tem por princípio, proporcionar desenvolvimento físico, moral, intelectual, o trabalho em equipe, trabalho voluntário e, principalmente a boa-vontade, além de incentivar o espírito internacional, ou seja, sem fronteiras de credo, raça ou castas. Resumindo a Lei do Escoteiro estimula o jovem a ser um verdadeiro cidadão, honrado, leal, útil, amigo, cortês, bondoso e organizado. Achou pouco? Atualmente existem mais de 30 milhões de escoteiros espalhados pelo mundo, praticando boas ações e aprimorando o caráter/formação de cada um dos participantes.

A idéia desse movimento grandioso nasceu do gosto pela aventura e pela natureza de um inglês, nascido em 1857, Robert Stephenson Smith Baden Powell. Por volta de 1876 ingressou na carreira militar e teve oportunidade de conhecer muitos países e diversos povos e suas culturas, que permitiram-lhe aprimorar habilidades, coragem e técnicas. Foi durante a Guerra do transval, em 1899, que Baden Powell treinou os homens da cidade para diversas tarefas e, a partir desse episódio, criou o Escotismo. Escreveu um livro, intitulado (Subsídios para Reconhecimento) e que acabou fazendo sucesso, não apenas no meio militar, mas, sobretudo, junto aos adolescentes da época. Em 1907 resolveu fazer um acampamento para jovens de 12 a 16 anos, na Ilha de Brownsea e dessa experiência nasceu uma espécie de manual do escotismo, chamado “Escotismo para Rapazes”. No outro ano, organizou e fundou o Movimento Escoteiro e que se espalhou pelo mundo. Em apenas dois anos, já existiam 123 mil escoteiros. No ano de 1912, a Coroa Inglesa, reconheceu sua importância, principalmente, durante conflitos mundiais.

Escotismo Brasilis – O Escotismo chegou às terras brasileiras pelas mãos de um oficial da Marinha do Brasil, Amélio Azevedo Marques, em 1907, impressionado com o novo método de educação complementar, criado por Baden Powell, ingressou seu filho Aurélio, num grupo escoteiro local (ele tornou-se o primeiro escoteiro brasileiro). Em 14 de junho de 1910 foi introduzido no Brasil, no Rio de Janeiro, no Centro de Boys Scouts do Brasil e a partir de 1914, surgiram vários núcleos, entre eles a ABE – Associação Brasileira de Escoteiros, em São Paulo. No ano seguinte, já existiam vários agrupamentos espalhados por quase todo o território brasileiro e sendo considerado como Utilidade Pública.

Em 1920, foi realizado, na Inglaterra o I Acampamento Internacional (Jamboree), onde 20 mil jovens, de 32 países compareceram aclamando Baden Powell, como Chefe Escoteiro Mundial (ele faleceu em 1941, em Naiobi, África depois de imensos serviços e grande dedicação ao seu sonho, que acabou virando uma escola).

O Escotismo no Brasil, ganhou força, em 1924, quando foi fundado no Rio de Janeiro, a UEB – União dos escoteiros do Brasil, e se consolidou de fato, até meados da década de 50. Quem estiver interessado pode acessar o site WWW. Escotismo.com.br ou procurar uma dos seis agrupamentos existentes em Taubaté.. Um deles se reúne no Horto Municipal, no Jardim das Nações o outro, no 5* Batalhão da Polícia Militar, na Independência.

fonte: http://www.diariotaubate.com.br/display.php?id=13057

Dia Mundial do Planeta Terra 22 Abril

Posted in Datas Comemorativas on 22 de abril de 2009 by elizeudalbonigarcia
Dia Mundial do
Planeta Terra Dia em que devemos parar e pensar a respeito do nosso futuro
neste planeta. Cuidemos de nossa casa

Dia De Tiradentes

Posted in Datas Comemorativas on 21 de abril de 2009 by elizeudalbonigarcia
Tiradentes

Tiradentes

Joaquim José da Silva Xavier nasceu na Fazenda do Pombal, entre São José del-Rei (atual Tiradentes) e São João del-Rei, em 1746. Filho do português Domingos da Silva dos Santos e de Antônia da Encarnação Xavier Brasileira, perdeu a mãe aos nove e o pai aos onze anos. Seu padrinho, que era cirurgião, o acolheu ensinando-lhe noções práticas de medicina e odontologia, de onde lhe adveio o apelido de Tiradentes. Morreu solteiro, mas consta que manteve relações com uma viúva, moradora nos arredores de Vila Rica, com a qual teve uma filha natural de nome Joaquina.

Mesmo sem ter feito estudos regulares, adquiriu razoável soma de conhecimentos. Com pouco mais de 30 anos, sentou praça no Regimento dos Dragões de Minas Gerais, sendo nomeado pela rainha D. Maria I, em 1781, comandante de patrulha do Caminho Novo, estrada na qual eram transportados para o Rio de Janeiro o ouro e os diamantes extraídos na Capitania de Minas Gerais.

Sonhador e idealista, Tiradentes envolveu-se profundamente na Inconfidência Mineira. Em 1787, pediu licença de seu regimento e viajou para o Rio de Janeiro, onde conheceu José Álvares Maciel, recém-chegado da Europa com novas idéias políticas e filosóficas. De volta a Vila Rica, em 1788, passou a divulgar publicamente os ideais do movimento, intensificando sua articulação.

Denunciada a conspiração por Joaquim Silvério dos Reis, em 1789, Tiradentes foi preso no Rio de Janeiro, permanecendo incomunicável numa masmorra escura por quase três anos. Durante o processo de investigação, denominado Devassa, foi ouvido quatro vezes e confrontado com seus denunciadores e co-réus. A princípio negou tudo, mas diante de outros depoimentos assumiu a responsabilidade do levante, inocentando os demais conspiradores.

Sua sentença de morte foi lida a 18 de abril de 1789 e, três dias depois, foi executado em forca erguida no campo da Lampadosa (hoje Praça Tiradentes), no Rio de Janeiro. Além de enforcado, Tiradentes foi decapitado e esquartejado, sua cabeça exposta em Vila Rica e os quatro quartos do corpo dependurados em postes ao longo do Caminho Novo, que ele tantas vezes percorreu. Seus bens foram confiscados e sua memória declarada infame.

Mesmo após a independência do Brasil, em 1822, Tiradentes não seria reconhecido como mártir da Inconfidência Mineira. Somente em 1867 é que se ergueu em Ouro Preto um monumento em sua memória, por iniciativa do presidente da província Joaquim Saldanha Marinho. Mais tarde, no período republicano, o dia 21 de abril se tornou feriado nacional, e, pela lei 4.867, de 9 de dezembro de 1965, Tiradentes foi proclamado patrono cívico da nação brasileira.

Inconfidência Mineira – O movimento mineiro foi o primeiro a realmente manifestar com clareza a intenção da colônia de romper suas relações com a metrópole. Outras rebeliões já haviam ocorrido na colônia que, no entanto, possuíam reivindicações parciais, locais, que nunca propuseram a Independência em relação a Portugal. A importância da Inconfidência Mineira reside no fato de exprimir a decadência da política colonial e ao mesmo tempo a influência das idéias iluministas sobre a elite colonial que, na prática, foi quem organizou o movimento.

http://cidadeshistoricas.terra.com.br/historia/bio_tir.htm

http://www.historianet.com.br/main/conteudos.asp?conteudo=275

18 de Abril

Posted in Datas Comemorativas on 18 de abril de 2009 by elizeudalbonigarcia

Dia de Monteiro Lobato

No dia 18 de abril comemora-se o “dia de Monteiro Lobato”. Monteiro Lobato escreveu muitos livros para as crianças brasileiras. Todas as crianças já ouviram falar nas estórias da Dona Benta, Tia Nastácia, Narizinho Arrebitado, Pedrinho, Emília, Marquês de Rabicó, Vidconde de Sabugosa, etc.

http://www.quediaehoje.net/

18 Abril dia de Monteiro Lobato

18 Abril dia de Monteiro Lobato